Tromboses venosas

Quais são os sintomas?


O SURGIMENTO AGUDO DA TROMBOSE VENOSA PODE SE MANIFESTAR COM DOR E INCHAÇO NO LOCAL. ESTE INCHAÇO PODE SER EVIDENTE AO SE COMPARAR O LADO AFETADO COM O OUTRO. AO TOCAR O LOCAL AFETADO TAMBÉM A CONSISTÊNCIA PODE ESTAR DIFERENTE, EMPASTADA. MUITAS VEZES PODE-SE OBSERVAR A DILATAÇÃO DAS VEIAS SUPERFICIAIS DA PELE.

O que pode ajudar a prevenir?


COMO A MAIOR PARTE DAS TROMBOSES ACONTECE NAS PERNAS, A SUA MOVIMENTAÇÃO É MUITO IMPORTANTE. AS CONTRAÇÕES MUSCULARES BOMBEIAM O SANGUE E EVITAM SUA ESTAGNAÇÃO. EM SITUAÇÕES DE INTERNAÇÃO, DOENÇAS AGUDAS E CIRURGIAS PODE SER NECESSÁRIA PREVENÇÃO COMPLEMENTAR COM USO DE MEDICAMENTOS ANTICOAGULANTES. ENTRE OUTRAS MEDIDAS DISPONÍVEIS ESTÃO: BOMBA DE COMPRESSÃO PNEUMÁTICA, MEIAS ELÁSTICAS E ELETROESTIMULAÇÃO.

Como é feito a avaliação?


SEMPRE QUE POSSIVEL, A AVALIAÇÃO DO RISCO DE TROMBOSE DEVE SER REALIZADA COM ANTECEDENCIA, ANTES DE UMA INTERNAÇÃO OU CIRURGIA POR EXEMPLO. DESTA FORMA É POSSIVEL IDENTIFICAR OS FATORES DE RISCO E ADEQUAR A MELHOR ESTRATÉGIA DE PREVENÇAO PARA CADA CASO E TIPO DE CIRURGIA. QUANDO OS SINTOMAS JÁ ESTÃO INSTALADOS, UMA AVALIAÇÃO CLÍNICA DEVE SER FEITA A FIM DE DIFERENCIAR E AFASTAR OUTRAS CAUSAS DE DOR E INCHAÇO. O ULTRASSOM DOPPLER É FERRAMENTA IMPORTANTE PARA DEFINIR COM MAIOR SEGURANÇA O DIAGNÓSTICO CORRETO.

Como é feito o tratamento?


O USO DE MEDICAMENTOS ANTICOAGULANTES, QUANDO POSSÍVEL, INTERROMPE A FORMAÇÃO DE TROMBOS E AJUDA A PREVINIR E EMBOLIA PULMONAR. ESTES MEDICAMENTOS TAMBÉM AJUDAM NA ABSORÇÃO DOS TROMBOS E RECANALIZAÇÃO DAS VEIAS AO LONGO DO TEMPO. EM SITUAÇÕES DE MAIOR GRAVIDADE E RISCO DE SEQUELAS PODE SER NECESSÁRIA A RETIRADA IMEDIATA DE TROMBOS ATRAVÉS DE CIRURGIA ABERTA OU CATETERISMO ENDOVASCULAR.

O que são filtros de veia cava? Para que serve?


ESTE TRATAMENTO PODE SER FEITO EM ASSOCIAÇÃO COM OUTRAS MODALIDADES DE TRATAMENTO, OU DE FORMA ISOLADA. É IMPORTANTE RESSALTAR QUE, SOZINHOS, OS FILTROS DE VEIA CAVA NÃO ALTERAM OS SINTOMAS E SEQUELAS DE TROMBOSE NAS PERNAS. EM SITUAÇÕES DE ALTO RISCO DE EMBOLIA E PRINCIPALMENTE NA IMPOSSIBILIDADE DE TRATAMENTO ADEQUADO COM MEDICAMENTOS ANTICOAGULANTES É POSSIVEL INTERROMPER A MIGRAÇÃO DE COAGULOS. PARA ISTO, ATRAVÉS DE TÉCNICAS DE CATETERISMO O IMPLANTE DESTE DISPOSITIVO PROTETOR BLOQUEIA A PASSAGEM DE COÁGULOS, PERMITINDO A PASSAGEM SOMENTE DO SANGUE NORMAL